Pesquisas ao redor do Mundo

Nova pesquisa sobre gravidez e angioma cavernoso

Um novo estudo, publicado na revista Stroke, investigou se a gravidez aumenta o risco de hemorragia em mulheres com malformações cavernosas (angioma cavernoso, cavernoma). Os resultados mostraram que o risco de hemorragia não parece aumentar durante a gravidez. Além disso, o estudo indicou que o parto vaginal parece seguro em mulheres com malformações cavernosas se elas não tiverem outros problemas de saúde significativos que justifiquem a cesariana.
Este estudo, conduzido pela Mayo Clinic, examinou dados coletados prospectivamente de 160 mulheres que faziam parte de um banco de dados maior de registro de malformações cavernosas. O objetivo foi avaliar a influência da gravidez sobre o risco de hemorragia após o diagnóstico de malformação cavernosa, durante a gestação e não gestação em mulheres em idade fértil.
No total, 365 gestações foram analisadas entre as 160 mulheres acompanhadas, todas com malformação cavernosa do cérebro ou da medula espinhal. Apenas 4 das 160 mulheres tiveram hemorragia durante a gravidez. Nenhum apresentou hemorragia durante o parto. Entre as quatro mulheres que tiveram hemorragia, todas foram diagnosticadas com uma malformação cavernosa como resultado da hemorragia durante a gravidez, e não antes da gravidez. Trinta e duas do total de 160 mulheres engravidaram após o diagnóstico de malformação cavernosa e nenhuma dessas mulheres teve hemorragia durante a gravidez. Estudos semelhantes conduzidos por pesquisadores no passado também descobriram que a taxa de incidência de hemorragia ocorrida durante a gravidez era muito baixa em mulheres com malformação cavernosa conhecida. Além disso, nenhum caso de hemorragia durante o parto foi encontrado em qualquer outra pesquisa publicada.
A autora deste artigo, Dra. Kelly Flemming, explica a importância desta pesquisa: “Confirmamos com este artigo o que outros publicaram sobre gravidez e malformação cavernosa, que é que o risco de sangramento durante a gravidez não aumenta. Usamos uma metodologia ligeiramente diferente dos investigadores anteriores, avaliando o risco de gravidez apenas APÓS o diagnóstico de malformação cavernosa ter sido feito. Também estamos certos de que o parto vaginal é seguro para a maioria das pacientes ”. Embora mais pesquisas devam ser feitas para examinar mais a fundo os casos de mulheres que sofrem de hemorragia durante a gravidez, e diretrizes formais precisem ser desenvolvidas para gerenciar seus cuidados, esta pesquisa pode ajudar mulheres com malformações cavernosas e seus médicos a se sentirem mais confortáveis e confiante ao tomar importantes decisões de planejamento familiar.

Joseph NK, Kumar S, Brown RD, Lanzino G, Flemming KD. Influence of Pregnancy on Hemorrhage Risk in Women With Cerebral and Spinal Cavernous Malformations. Stroke. 2021 Jan;52(2):434-441.

Cavernoma